Venha ser nerd na zona leste

Reportagem Maria Lígia Pagenotto
Foto Marcia Minillo

A hora e a vez dos menores se divertirem com a cultura nerd

A cultura nerd – tão amplamente divulgada nas regiões mais centrais da cidade – ganhou um espaço nobre na zona leste. Na Okupação Cultural Coragem, desde meados de janeiro, está funcionando, todos os domingos, a Gibiteca Balão, dedicada à difusão de quadrinhos, com foco nos universos nerd e geek. Mas o espaço oferece muito mais. “Temos vários jogos disponíveis, como RPG (role playing games), boardgames e cardgames”, explica Max Tavares, um dos criadores da gibiteca.
Aos domingos, os frequentadores da Okupação também podem aproveitar os workshops de desenho que são oferecidos no espaço, além de jogar com a supervisão e o estímulo de pessoas que entendem do assunto. Nos quadrinhos, os temas predominantes são ficção científica, mangás e também cinema. Mas histórias clássicas também figuram nas prateleiras, com as HQs da Turma da Mônica, revistas da Disney e da Turma do Charlie Brown.

A versão em quadrinhos da obra Dois Irmãos, de Milton Hatoum, está entre os atrativos

A versão em quadrinhos da obra Dois Irmãos, de Milton Hatoum, dos premiados desenhistas Fábio Moon e Gabriel Bá, é outra obra que está na gibiteca.
Há ainda alguns livros de Monteiro Lobato, escritor que criou a Emília e vários personagens do Sítio do Picapau Amarelo, e outros da famosa série Asterix, quadrinhos criados na França por Albert Uderzo e René Goscinny, no final dos anos 1950.
“Muitas pessoas vão ao local para jogar e há ainda monitoria de leitura de mangás e outras HQs, de literatura fantástica e de ficção científica”, conta Max.
Nos workshops de desenhos, há sempre um desenhista convidado, que mostra técnicas básicas usadas em desenhos de figuras humanas em histórias em quadrinho. É um bom estímulo para quem deseja se aventurar por esse mundo das HQs.
No dia da inauguração, o ilustrador Lucan Henrique da Silva Nogueira foi o artista que coordenou o workshop.
Entre os chamados jogos de tabuleiro, o espaço dispõe desde os mais famosos, como War, até os mais atuais, com Zombicide.
Max conta que a Gibiteca Balão começou em 2014, na Casa da Memória, um espaço de cultura também na zona leste. Por questões administrativas, o acervo precisou sair desse local.

A Okupação oferece seus sofás para a leitura dos gibis

“Enquanto não tínhamos onde colocar o material, ajeitei tudo na minha casa”, lembra Max. Até que, no final de 2016, ele acertou com os coordenadores da Okupação Cultural Coragem a transferência do acervo para lá.
O grupo que se juntou para criar a Gibiteca Balão se conheceu numa oficina de quadrinhos em um outro centro de cultura da zona leste.
“Acreditamos que a criação desse espaço é um pretexto para que pessoas, com afinidades parecidas, se juntem, troquem experiências e tenham acesso a bens culturais que, fora daqui, talvez não tenham”, ressalta.
O espaço chama atenção ainda por reunir pessoas de várias gerações nas diversas atividades que oferece. “O local acolhe quem está disposto a conhecer mais o mundo nerd ou, para aqueles já iniciados, usufrui-lo da melhor maneira possível”, explica Max.
A Gibiteca Balão está sempre com novidades – o melhor jeito de acompanhar o que rola por lá é acessando as redes sociais (Facebook e Instagram), segundo Max.
Para a primeira semana de fevereiro, por exemplo, foi anunciada “a divertida história do caipira mais famoso dos quadrinhos, Chico Bento, – a ‘Pavor Espaciar’. Reimaginado pelo desenhista Gustavo Duarte, autor também de Có e Bird, Chico, seu primo Zé Lelé, o porco torresmo e a galinha Giselda se metem em uma aventura de alienígena com referências à cultura pop, neste terceiro álbum das Graphics MSP”.
O quadrinho está disponível na Gibiteca Balão, para quem quiser conferir essa saga.

Sobre nerds e geeks

O termo nerd, para quem não está muito familiarizado, vale lembrar, foi, durante muito tempo, utilizado de forma pejorativa. De um tempo para cá, porém, isso mudou. Hoje o nerd é empregado para se referir a pessoas que têm muito prazer em temas como ciências, tecnologia e ficção científica.

(clique nas fotos para ampliar)
Já o geek, pode-se dizer, é uma variante mais pop do nerd. O termo ficou mais conhecido no Brasil nos últimos dez anos. É mais usado para se referir a pessoas que consomem muita tecnologia e outros produtos da cultura pop, como séries, filmes e quadrinhos.
Atualmente existe até uma data para celebrar o orgulho nerd – é o dia 25 de maio. Segundo algumas explicações, o dia foi escolhido por ter marcado, em 1977, a estreia do primeiro filme da franquia Star Wars.
Neste dia, também é celebrado o Dia da Toalha, uma homenagem a Douglas Adams, autor do livro O Guia do Mochileiro das Galáxias, sobre as aventuras de Arthur Dent. Nessa obra, a toalha aparece como artigo indispensável a todo mochileiro “galáctico”. A data também faz referência a outro livro, Discworld, série de ficção científica cult criada pelo inglês Terry Pratchett e que cita a data na narrativa.
veja mais fotos aqui

Serviço: aos domingos, das 14h às 18h, na Okupação Cultural Coragem – Rua Vicente Avelar, 53 – Cohab II – Zona Leste – Itaquera
Entrada Gratuita
Facebook e Instagram: Gibiteca Balão

 

 

Compartilhe esta matéria:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *